sábado, julho 16, 2011


O ciúme felino

11
Como todos vocês sabem tenho dois amáveis gatinhos: Dexter e Leona. Futuramente, pretendo adotar mais. Porém, os ciúmes que sentirão me deixam preocupada.  Nesta semana, me deparei com uma matéria superbacana do site Extra Explica e resolvi dividi-lo com meus seguidores. Segue a reportagem:

"Como lidar com o ciúme do seu gato de estimação

Ciúme, insegurança e medo são sentimentos que também podem ser expressados através de um miado. Como lembra o veterinário Gustavo Gonçalves, o gato é um animal, por excelência, ciumento. Veja como lidar com o ciúme do seu bichano.

1º Entenda o sentimento
A manifestação de ciúme precisa ser entendida e manejada pelo dono para que não se torne excessiva, se transformando em tristeza, insegurança e outras alterações comportamentais.

2º Novato na área
Ao levar um novo animal para casa, principalmente se o gato for único e nunca tiver convivido com terceiros, tome alguns cuidados para que essa decisão não vire um transtorno.

3º Seu afeto
O gato precisa ter certeza que seu afeto não vai ser abalado. Chamar a atenção se ele rosnar ou der patadas no novato não é indicado, pois esse comportamento já é esperado. Muitas vezes, nos primeiros dias, é melhor deixar o recém-chegado num cômodo ao qual o gato não tenha acesso.

4º Demonstração
O animal pode demonstrar ciúme destruindo alguma coisa para chamar a atenção e urinando em locais não apropriados.

5º Para evitar o problema
O dono pode manipular alguns florais que possam ser usados na água do antigo pet por, no mínimo, dez dias antes da chegada do novo morador. Isso acalmará seu bichinho. Assim que o novo amigo chegar, as atenções e o carinho com o veterano devem ser redobrados.

6º Cuidados
A alteração de comportamento requer cuidados. Muitos animais podem adoecer se não forem bem tratados."
Reprodução: matéria Extra explica
Fotos: Tumblr

11 comentários:

Suh Lynn disse...

Amo teu blog, quero mandar um selinho! =)

visita meu blog... tem sorteio lá...

http://hairmakelynn.blogspot.com/

Convida tuas leitoras também =D

Beijão gata ;)

Mari Sayuri disse...

Que fofo *--*
Monike, ótimas dicas... eu quero um gatinho ;^;
Mas ta complicado, porque minha mãe não quer mais animais em casa xD
Um beijo!!
http://ondevaoasnuvens.blogspot.com

pinupdanovageracao.blogspot.com disse...

Ah esses gatinhos são lindos que gotoso!!!!!
Nossa...Essa do ciúme não achei q era tanto!
Bom já tive a experiência de gato junto com cachorro, no começo se estranhavam, mas depois deu super certo até dormiam justos!!!!
Bjo

Paulo disse...

Eu tenho quatro ,Monike!Eles até que se toleram bem!
Fico tão triste quando leio noticias sobre crueldade a animais como uma li que hoje,fico desolado,fico mesmo!


bjs e ótimo final de semana!

Coisicando disse...

Ai que fofinhos esses gatinhos da foto! Eu nunca tive um...
Bjos, Jana

coisicando.blogspot.com

Márcia Abud disse...

Não só os gatos, como os cães também... eu adotei uma cofap (já tinha uma) e foi o caos! No final, ela teve que ir embora.

Loli disse...

Oi, Monike.
Eu tive gatos a minha vida inteira (tenho mais de 30, ok? rss) e atualmente tenho um casal.
Entendo muito mais de gatos do q qq outro animal, até pq nunca tive outro bicho.
Olha, posso te dizer, por experiência pp, q não concordo qndo o vet diz que " muitas vezes nos primeiros dias, é melhor deixar o recém-chegado num cômodo ao qual o gato não tenha acesso."
Todo animal, e os gatos não são diferentes, podem sentir ciúmes e dar umas patadas, tentar puxar umas briguinhas, urinar no local prá mostrar q ele é o chefe ali, mas manter o recém-chegado em outro cômodo, só aumenta essa distância entre os 2.
O q deve ser feito é exatamente o oposto: os 2 gatinhos devem ser tratados igualmente e mantidos juntos para q se acostumem com os hábitos e cheiros um do outro.
Tenho um macho Lenny Kravitz e uma fêmea, a Nina. O Lenny sempre foi minha sombra. Já a Nina, até alguns meses atrás, não me dava muita bola. (Tô falando de 2 gatos adultos, q estão comigo desde filhotes). Depois, vai saber pq, a Nina passou a querer colo e pedir atenção até qndo estou aqui no PC. Consegue imaginar uma pessoa sentada em frente ao PC com 2 gatos no colo?rss impossível teclar qq coisa!
Mas o Lenny passou a ter ciúmes dela ficar grudada em mim. Claro q eles saem no tapa e eu, aparto a briga e hora fico um pouco com um, hora, com outro. E eles se acostumaram com isso. No início o Lenny sentiu, mas agora ele já sabe qndo é 'a hora da Nina'. rss
E no final, eles se lambem, se enroscam e dormem juntos como um casal. É entre tapas e beijos. rsss
Adota sim, não tenha medo não, existem muitos gatinhos de rua, jogados em ongs, precisando de um lar e muito carinho.
Nossa, falei demais!
beijo

Luh - Diário de Uma Consumista disse...

Adoro gatinhos e esses das fotos são extremamente fofos *.*

Paula disse...

Que lindo os gatinhos!
E isso de ciume eh complicado; eu tava querendo pegar outro cachorrinho pra fazer compania pro meu; mas ele morre de ciumes da minha afilhada de 3 anos, imagina um outro cachorro.
Por enquanto estamos pensando ainda.... qdo adotar, mostra as fotos ;}

Beijos Monike, bom domingo.

Itala Alves disse...

acho que meus gatos se amam
eles até brigam
mas vivem em paz
obg pelo post
e pelo carinho

bjs

Miriele Gomes disse...

Sou apaixonada por felinos e pra mim eles são as criaturas mais fofas do mundo!
Sempre tive gatos em ksa, mas aproximadamente 2 anos não tenho mais.
Infelismente uma pessoa sem coração "assassinou" meu pequeno Nick.
Penso em adotar pelo menos 2 ainda este ano, pois eles alegram demais o ambiente.
Em relação ao ciúme, é super normal...Com um tempo eles se acostumam e começam a conviver em harmonia um com o outro.
Adorei o post flor!
bjs!!!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...